1251283581tjal5

Após uma sessão que ficou marcada pelo trancamento da ação contra o deputado Marcos Barbosa no caso Baré Cola a Assembléia aguarda hoje a decisão definitiva do TJ sobre se o Poder Legislativo está ou não desrespeitando uma determinação judicial.

A chegada do procurador geral de Justiça Eduardo Tavares fará com que o MP se manifeste sobre os motivos que a ALE apresentou para o não afastamento do deputado Cícero Ferro, e caso o TJ não tome nenhuma decisão ainda hoje a Casa de Tavares Bastos dará início ao trancamento das ações contra o deputado João Beltrão.

Em entrevista ao Cadaminuto o desembargador Orlando Manso deixou claro que ainda está analisando a situação e que vale ainda sua decisão afastando o deputado Cícero Ferro, ele mostrou também desdém sobre a suposta atitude da ALE em punir o deputado pelo Conselho de Ética.

A atitude de trancar a ação contra Marcos Barbosa na primeira sessão após a conversa entre desembargadores e deputados irritou profundamente todos no Poder Judiciário e foi entendido como uma afronta e um sinal que ninguém será punido internamente.

O Cadaminuto falou com Eduardo Tavares que está no Rio de Janeiro, ele disse que só irá se manifestar quando chegar hoje a Maceió, mesma posição tomada por Orlando Manso que deve apresentar também nesta quarta-feira posição sobre a documentação entregue pelos deputados que proibiria o afastamento de Ferro.O dia hoje promete.