Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O atacante Aloísio precisou deixar o gramado do Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga-DF, de ambulância nesta terça-feira, durante a vitória do Vasco sobre o Brasiliense por 1 x 0, pela Série do Campeonato Brasileiro. O jogador ficou desacordado após chocar sua cabeça em dividida pelo alto com um adversário e sofreu traumatismo craniano, mas passa bem

Aloísio foi atendido em campo depois de cair e acabar sufocado por um chiclete que mascava durante a partida. Sem poder respirar, desmaiou e foi imediatamente encaminhado para o Hospital Anchieta, onde passou por tomografia computadorizada. Nenhuma alteração foi identificada nas imagens.

Fora de perigo, o jogador vai voltar para o hotel e seguir com a delegação cruzmaltina de volta para o Rio de Janeiro. Aloísio assustou os jogadores, que dedicaram ao atacante a vitória obtida fora de casa, pela primeira rodada do segundo turno da Série B. Autor do único gol do confronto, o lateral esquerdo Ramon foi um dos que mais se impressionou com a cena

"Foi um susto enorme. Eu estava de longe e, para mim, ele tinha cortado o supercílio. Quando eu vi todo mundo em volta chamando o médico, fui ver de perto. Foi uma cena muito ruim, muito triste. Quando abriram o desfibrilador, fiquei desesperado, mas depois eu vi que já estava respirando e fiquei mais aliviado", disse o jogador, mais tranquilo.

"A primeira coisa que eu perguntei quando: e o Aloísio? Dediquei essa vitória principalmente a ele", complementou Ramon. Já Carlos Alberto usou a lesão para mostrar quão empenhado o Vasco esteve fora de casa: "esse lance e toda a correria mostra que estamos todos com vontade. Todos lutaram, tomaram pancada e estão esgotados, mas o objetivo foi alcançado".