Curso na área do plástico atende a necessidade de capacitação dos trabalhadores e a demanda de formação de mão-de-obra das novas fábricas do setor do plástico em Alagoas. Iniciou na ultima segunda-feira (24) o curso, com duas turmas, organizado pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística, e o setor produtivo.

São 40 pessoas recebendo capacitação na unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no Tabuleiro dos Martins, sendo duas turmas de 20 pessoas cada. No horário da manhã, 20 trabalhadores das fábricas do setor de plástico estão recebendo noções teóricas e práticas num período de 80 horas. À tarde, foi separada uma turma formada por alunos egressos do Senai nos cursos de mecânica de manutenção, instalador eletricista industrial e técnico em eletro-mecânica.

Para o presidente do Sindicato das Indústrias do Plástico e Tintas (Sinplast), Wander Lobo, a capacitação é a grande necessidade das indústrias já existentes em Alagoas, pois muitos trabalhadores obtiveram conhecimento no dia-a-dia do funcionamento do processo, porém, “agora receberão conhecimento teórico o que beneficiará na produção, na qualidade”. Ele explicou também que a capacitação beneficiará a competitividade entre as indústrias, e atenderá a demanda das novas unidades em processo de instalação no estado. “Esta é a primeira turma para a formação de mão-de-obra, dentre as seis já agendadas, que será aproveitada para as novas indústrias”, destacou Wander Lobo.

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística, Luiz Otavio Gomes, lembrou que os cursos iniciaram, mas, brevemente a capacitação será realizada no Núcleo de Tecnologia do Plástico. De acordo com o secretário, o projeto estruturante da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP) prevê o investimento total de R$ 4,5 milhões, sendo R$ 2,5 milhões para a construção do Núcleo que funcionará como uma escola-laboratório. “Com esta unidade, os empresários poderão dizer o perfil dos profissionais que precisam e nós faremos a capacitação”, destacou o secretário.

Segundo o coordenador de Tecnologia do Senai/Tabuleiro, Cícero dos Anjos Silva, as duas turmas receberão conhecimento na área de injeção, extrusão e sopro, num período de 45 dias úteis.

O Núcleo se encontra em fase inicial de construção no Polo Multissetorial Governador Luiz Cavalcante, no Tabuleiro dos Martins, numa área de aproximadamente 1.200 m², que capacitará a mão-de-obra para atender o setor químico e plástico. A ação está inserida no projeto de capacitação da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico, resultado da mobilização do Governo de Alagoas e do setor produtivo.