Após sair atrás no placar, o Figueirense virou para cima do Ipatinga, mas permitiu o empate e jogo acabou 2 a 2, nesta terça-feira, no Vale do Aço, pela abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série B. O veterano Marcelo Ramos abriu o placar para os donos da casa, mas Paulo Sérgio e Fernandes marcaram para os catarinenses. No final, Leandro Brasília deixou tudo igual.
O resultado foi ruim para os dois times, que ficaram longe de seus objetivos. O Figueirense chegou aos 30 pontos, ocupando a sétim colocação e ficando mais distante do G4. O Ipatinga, por sua vez, soma 25 pontos, apenas três acima da zona de rebaixamento e segue ameaçado pelo descenso.

Tigre é todo pressão!

Debaixo de chuva e com pouca presença de público, o Ipatinga tomou a iniciativa no início do jogo, mas encontrava poucos espaços para jogar em virtude da bem armada defesa do time catarinense, que veio com o objetivo de jogar nos contra-ataques. Com muitas faltas no meio-campo, o confronto começou truncado. A primeira chance foi do time da casa, aos nove minutos, quando Alex Silva rolou para Marcelo Moscatelli, que dividiu com Edson e a bola passou por cima do gol.

O Figueirense respondeu no minuto seguinte. João Filipe desceu pela direita e cruzou para a área, visando o atacante Rafael Coelho. Mas o goleiro Fred se antecipou antes que a bola chegasse ao artilheiro. Aos poucos, o time catarinense passou a se soltar em campo e equilibrou o jogo no Ipatingão.

Artilheiro não perdoa!

Melhor postado em campo, o time mineiro tirou o zero do placar aos 22 minutos. O matador Marcelo Ramos recebeu cruzamento da esquerda, e de frente para o gol não perdoou, abrindo o placar no Ipatingão e marcando seu oitavo gol na competição. Atrás no placar, o Figueira adiantou a equipe e por pouco não empatou pouco depois, numa falta cobrada por Rafael Coelho que explodiu na trave do Tigre.

Aos 29 minutos, foi a vez do Ipatinga se aproveitar da bola parada para quase marcar. Cláudio bateu falta com violência e o goleiro Dalton espalmou para a esquerda, fazendo grande defesa. No final do primeiro tempo, o jogo voltou a ficar truncado, com as defesas levando vantagem sobre os ataques, que pouco conseguiam criar.

Jogo fica quente!

Na volta do intervalo, a partida esquentou e logo aos dois minutos o Figueirense empatou. Após cruzamento na área, o goleiro Fred falhou e o atacante Paulo Sérgio, que acabara de entrar, mandou de canhota para o gol. O time catarinense voltou aceso para o jogo e era melhor no início da etapa final, dominando as ações. Aos oito minutos, Egídio arriscou de longe e a bola passou sem perigo

O Ipatinga parece ter sentido o gol de empate logo no comecinho e sentia dificuldades para chegar ao gol do Figueira. Depois de alguns minutos "grogue", o Tigre melhorou e criou boa chance para voltar a mandar no placar. Aos 10 minutos, Marcelo Ramos deu uma de garçom, cruzou da esquerda e Diego Silva cabeceou para grande defesa de Dálton.

Figueira passa na frente, mas...

O jogo era equilibrado e aberto. O Tigre teve outra excelente chance de marcar aos 18 minutos. Após contra-ataque rápido, Diego Silva recebeu dentro da área e soltou uma bomba, que explodiu no travessão do Figueirense. O time catarinense demonstrava acreditar na vitória, e virou aos 24 minutos. Rafael Coelho soltou uma bomba em cobrança de falta e a bola bateu no travessão. No rebote, Fernandes dominou e mandou para o gol.

Logo após fazer o segundo gol, o Figueirense teve o lateral-esquerdo Egídio expulso e ficou com dez homens em campo. Com isso, o jogo ganhou em dramaticidade, e o time mineiro partiu para cima para tentar ao menos o empate.

Aos 32, Marinho Donizette arriscou de fora da área e assustou o goleiro Dálton. No final, o Tigre pressionou bastante os visitantes, e o empatou veio aos 39 minutos. Leandro Brasília bateu de fora da área, a bola ainda bateu no travessão e entrou.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira, pela 21ª rodada da Série B. O Ipatinga enfrenta o Vila Nova, às 21 horas, em Goiânia, enquanto o Figueirense joga contra o ABC, no mesmo horário, em Florianópolis.

Ficha Técnica

Ipatinga 2 x 2 Figueirense

Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga-MG
Árbitro: Antonio Rogério Batista do Prado-SP
Cartões amarelos: Douglas, Edson, Fernandes (Figueirense); Thiago Mathias e Léo Oliveira (Ipatinga)
Cartão vermelho: Egídio (Figueirense)
Gols: Marcelo Ramos, aos 22'/1T (Ipatinga) e Leandro Brasília, aos 39'/2T; Paulo Sérgio, aos 2'/2T, Fernandes, aos 24'/2T (Figueirense)

Ipatinga
Fred; Cláudio (Evandro), Thiago Mathias, Léo Oliveira e Marinho Donizete; Max Carrasco, Alex Silva, Leandro Brasília e Marcelo Moscatelli (Márcio Diogo); Diego Silva (Luís Fernando) e Marcelo Ramos.
Técnico: Emerson Ávila.

Figueirense
Dalton; João Filipe, Roger Carvalho e Edson; Lucas, Carlinhos, Paulinho, Fernandes (Alê) e Egídio; Douglas (Paulo Sérgio) e Rafael Coelho (Massari).
Técnico: Roberto Fernandes.