Diretores, conselheiros escolares, pais, coordenadores pedagógicos e regionais de Educação do Sertão alagoano terão oportunidade de conhecer o Programa Geração Saber. A Escola Estadual Laura Chages, em Santana do Ipanema, nesta quarta-feira (26), a partir das 9h, vai receber aproximadamente 250 técnicos da educação estadual para conhecer o projeto que vai mudar a realidade da educação no Estado.

O Geração Saber compreende uma política de Estado para melhorar os indicadores da Educação em Alagoas e tem despertado a expectativa de dias melhores naqueles que fazem parte do sistema de ensino. Cerca de R$ 214 milhões — dos quais cerca de R$ 189 milhões virão do Ministério da Educação e mais R$ 25 milhões do Banco Mundial com apoio técnico do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) — vão injetar um novo ânimo no sistema educacional alagoano, para serem aplicados dentro de um ano e meio.

Segundo a secretária de Estado adjunta da Educação e coordenadora geral do Programa Geração Saber, Cícera Pinheiro, que a iniciativa vai melhorar o processo de aprendizagem dos alunos da educação básica da rede pública e reverter os atuais indicadores educacionais do Estado.

Representantes dos municípios de Santana do Ipanema, Carneiros, Dois Riachos, Olho D’água das Flores, Olivença, Ouro Branco e Poço das Trincheiras vão participar. Senador Rui Palmeira, Pão de Açúcar, Palestina, Batalha, Belo Monte, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Monteirópolis e São José da Tapera, também vão enviar técnicos para conhecer o Geração Saber.

Pinheiro explica que o Geração Saber contempla as Políticas Educacionais, Organização da Estrutura e Funcionamento da SEE, Regime de Colaboração entre Estado e municípios, Tecnologia da Informação e da Comunicação na Educação e a melhoria das condições da rede escolar.

Já o assessor especial da SEE, José Fernando Santa Cruz, acrescenta que o cronograma de socialização terá sequência nesta quinta-feira (27), a partir das 9h, em Piranhas, na Escola Estadual Xingó I. “Vamos expor para os integrantes da 11ª Coordenadoria de Ensino (CEs) todos os detalhes desse programa”, assegura.