O Fórum Viva Vida será realizado, nesta segunda-feira (17), em Porto Calvo, no Clube Social Calabar, a partir das 9h, beneficiando os municípios que fazem parte da 2ª microrregião. O evento, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) como uma das estratégias para a redução da mortalidade infantil em Alagoas, é destinado aos gestores de saúde, enfermeiros, médicos e agentes comunitários.

A solenidade de abertura contará com a participação do governador Teotonio Vilela Filho; do secretário da Saúde, Herbert Motta e de técnicos das áreas de atenção básica e vigilância em saúde.

Segundo a diretora de Atenção Básica da Sesau, Myrna Pimentel, durante o fórum serão apresentadas medidas que foram adotadas em outras cidades alagoanas e que podem ser executadas nessas localidades para redução da mortalidade infantil. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 5% para a redução da mortalidade, mas o governo de Alagoas quer alcançar pelo menos 10% a cada ano.

O projeto Viva Vida prevê a expansão do número de equipes de Saúde da Família (PSF); ampliação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Cuidados Intermediários (UCI) neonatais; regulação da atenção obstétrica e neonatal; ampliação da rede de bancos de leite, entre outras ações. Participam nessa etapa os técnicos de Porto Calvo, Japaratinga, Maragogi, Matriz de Camaragibe, Jacuípe, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras.

O Fórum Viva Vida já percorreu os municípios sedes das microrregiões: Maceió (exceto a cidade de Maceió, que ainda terá a data marcada devido ao grande número de profissionais), Penedo, São Miguel dos Campos, Santana do Ipanema, União dos Palmares, Pão de Açúcar, Delmiro Gouveia, Viçosa e Flexeiras. Em cada encontro participam cerca de 400 pessoas, perfazendo um total, até o momento, de quase 4 mil participantes.