Insatisfeitos devido à falta de professores de várias matérias, o que tem causado problemas na conclusão da grade escolar, estudantes do Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas bloquearam o trânsito em um dos trechos da Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, em Maceió, na frente do Cepa.

O protesto teve início por volta das 18h e obrigou os motoristas a desviarem o trajeto por uma rua por trás do Cepa, onde ônibus e carros de passeio causaram um grande congestionamento devido as ruas serem estreitas.

Esta foi a segunda manifestação dos alunos do Cepa em apoio aos professores. Na última quarta-feira, eles fizeram um ato interno, declarando que estão do mesmo lado dos educadores. Após a chegada de uma equipe do Gerenciamento de Crises, os manifestantes liberaram a pista, com a promessa de que a secretaria de Educação do governo do Estado resolva o problema, caso contrário um novo protesto será feito.

Mesmo com a trégua por 72 horas que antecedem a greve geral na Educação do Estado, muitas escolas do complexo de ensino continuam sem funcionar. Os professores afirmaram, em assembleia realizada na última terça-feira, que aguardariam até o final da semana por um posicionamento do governo, quando na próxima segunda-feira voltam a se reunir no Clube Fenix e decidirão se decretam uma greve por tempo indeterminado.