A Cepal/Imprensa Oficial Graciliano Ramos firma nesta sexta-feira (14) convênio de cooperação técnica com a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Imesp). O evento acontece às 17h, no Salão de Despachos, do Palácio República dos Palmares, com as presenças do governador do Estado de Alagoas, Teotonio Vilela Filho, e do governador de São Paulo, José Serra.

O protocolo de intenções que será assinado pelo diretor-presidente da Cepal/Iogram, Marcos Kümmer, e o diretor-presidente da Imesp, Hubert Alquéres, tem como objetivo o desenvolvimento de ações conjuntas para a modernização e melhoria dos serviços da Imprensa Oficial de Alagoas nas áreas gráfica, editorial, de tecnologia, certificação e inclusão digital.

Essa soma de esforços é uma estratégia para a obtenção de ganhos de desempenho e melhoria das práticas de negócios da Cepal/Iogram por meio da redução de custos, racionalização de processos e aumento da governança.

“A partir de agora, poderemos somar forças na prestação de serviços gráficos e na edição, ou co-edição, de livros de interesse público e de difusão cultural. Além disso, o convênio nos permitirá a ampliação do nosso papel de garantir a transparência e divulgação dos atos de governo que interessam diretamente à população com a implantação de tecnologias que viabilizem mais segurança, autenticidade, integridade e validade jurídica nos nossos documentos”, afirma o diretor-presidente da Cepal/Iogram, Marcos Kümmer.

Um dos pontos relevantes do convênio, segundo Kümmer, é a transferência da ampla experiência da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo para Alagoas, principalmente no que diz respeito às publicações. O parque gráfico da Imesp é o maior e um dos mais produtivos da América Latina. “Vamos desenvolver projetos de modernização da nossa gráfica e de qualificação na assessoria de comunicação e agência de notícias”, observa.

O primeiro fruto da parceria com a Imprensa Oficial de São Paulo será lançado ainda este ano. Se trata do livro “Atlas e Relatório do Rio de São Francisco desde a Cachoeira de Pirapora até o Atlântico”, do engenheiro alemão Henrique Guilherme Fernando Halfeld, que fez um levantamento topográfico e batimétrico minucioso do “Velhor Chico” a pedido do imperador D. Pedro II, de 1852 a 1854.

A publicação rara possui um valor inestimável para o Estado de Alagoas e hoje só está disponível na biblioteca da Codevasf.