O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou nesta sexta-feira (7), mais um caso suspeito da nova gripe. A paciente é do sexo feminino, 31 anos e residente em Maceió. Ela foi classificada como caso moderado e está internada no Hospital Escola Hélvio Auto e deve ser liberada ainda nesta sexta-feira.

Na última segunda-feira, a paciente apresentou sintomas de febre, tosse e dor de garganta. Ela foi encaminhada, na quinta-feira (6), em ambulância do Saúde Excelsior para o hospital Hélvio Auto com desconforto respiratório, tosse, febre, coriza e dores por todo o corpo.

Na ocasião, foi realizada a coleta do exame de nasofaringe pelo Laboratório Central (Lacen), o qual será enviado para o laboratório de referência da Fiocruz. Também foram realizados exames de rotina de Raios-X de tórax e hemograma com padrão gripal.

Segundo o novo protocolo de vigilância de influenza, são considerados casos de síndrome respiratória aguda grave, as pessoas que apresentarem febre, tosse e dispnéia, acompanhada ou não de outros sinais ou sintomas.

No Estado, já foram notificados 52 casos de gripe A; destes, 13 foram confirmados, 22 descartados e 17 são suspeitos aguardando resultados de exames.

Atendimento - Na Capital, os postos de saúde que estão realizando atendimento de suspeitos da nova gripe são o Pam Bebedouro, Pam Dique Estrada, Pam Rolan Simon (Vergel), Pam Ib Gatto Falcão (Tabuleiro do Martins) e Pam João Paulo II (Jacintinho), que estão funcionando das 8h às 20h, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Somente é considerado caso suspeito da gripe A, o  paciente que apresentar doença respiratória aguda, caracterizada por febre superior a 38 graus, tosse acompanhada de dor na garganta e manifestações gastrointestinais. O Cievs disponibilizou um telefone gratuito (0800-2845415) e 3315-2059 para atender qualquer caso considerado suspeito no Estado. Das 20h até às 8h da manhã, o telefone do Cievs que deve ser acionado é o 8882-9752.