Pré-candidata vítima de atentado é submetida a nova cirurgia de emergência neste sábado (06)

Redação|
Lérida Lôbo
Lérida Lôbo / Foto: Reprodução / Instagram

A pré-candidata a deputada federal e veterinária, Lérida Lôbo, de 49 anos, que foi vítima de um atentado a tiros na noite de quinta-feira (04), foi submetida a mais uma cirurgia vascular de emergência neste sábado. 

De acordo com uma publicação nas redes sociais da Organização Não-Governamental (ONG) Anjinhos de 4 Patinha, a qual Lérida é presidente, a veterinária está bem e não apresenta riscos. 

Na postagem, a ONG agradece aos médicos e as pessoas que torcem pela recuração de Lérida. 

Ontem (05), a pré-candidata foi transferida do Hospital Geral do Estado (HGE) para um hospital particular de Maceió 

Lérida foi baleada por volta das 19h20 quando saia da ONG que administra, na Rua Santa Quitéria, no Centro de Joaquim Gomes, interior de Alagoas. O marido dela, José Adilson da Silva, estava com ela no momento do atentado, foi atingido por disparos e faleceu em decorrência dos ferimentos.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) divulgou os primeiros resultados das investigações do homicídio e da tentativa de homicídio contra a veterinária e o marido dela. Segundo a polícia, o crime foi motivado por vingança. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados