Incentivo ao setor produtivo: Rodrigo e Jó se reúnem com o agronegócio para ouvir demandas e apresentar propostas

Assessoria|
Foto: Assessoria

Na próxima segunda-feira, dia 8 de agosto, o senador Rodrigo Cunha (União) e a deputada Jó Pereira (PSDB), candidatos a governador e a vice-governadora, têm um encontro marcado com o agronegócio alagoano. A ideia é ouvir as demandas do setor e apresentar alguns dos compromissos do programa de governo para a área.

A roda de conversa faz parte da agenda de encontros com segmentos do setor produtivo e acontece às 18h30, no Hotel Jatiúca, em Maceió. Em pauta, assuntos como a necessidade do pleno funcionamento do Canal do Sertão para garantia da segurança hídrica, assistência técnica adequada, crédito rural e o fortalecimento das cadeias produtivas para o desenvolvimento regional e para geração de emprego e renda.

“Alagoas ostenta os piores indicadores sociais do país, com mais de 400 mil alagoanos em situação de extrema pobreza. Nesse contexto, tanto o agronegócio, que representa uma significativa parcela do PIB local e do país, quanto a agricultura familiar são essenciais para mudar esse quadro desolador e inadmissível em um estado tão rico na produção de alimentos”, avalia Rodrigo Cunha.

Com uma atuação fortemente voltada para a defesa do setor produtivo e da agricultura, principalmente a familiar, Jó Pereira afirma que o avanço econômico e social de Alagoas passa obrigatoriamente por esses dois setores. A parlamentar é autora de várias leis de estímulo à produção, a exemplo da lei que regulamenta e desburocratiza a produção e comercialização de derivados lácteos; o Selo Arte; a Lei da Carcinicultura, que desburocratiza a criação de camarões, beneficiando produtores e consumidores; e a lei que facilita o acesso de pequenos produtores rurais ao benefício da isenção do ICMS no fornecimento de energia elétrica.

“É importante continuarmos focando em ações que, sem abrir mão da sustentabilidade, possibilitem a geração de emprego e renda, principalmente nos pequenos e médios municípios, com reflexos econômicos em todo o estado. É nosso compromisso dar prosseguimento as demandas do setor produtivo, para que Alagoas produza mais, com menos burocracia, movimentando a nossa economia e auxiliando no resgate de milhares de alagoanos da pobreza e da extrema pobreza”, concluiu Jó.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados