TRE determina retirada de vídeos do perfil do governador no Instagram

Redação*|
Tribunal Regional Eleitoral
Tribunal Regional Eleitoral / Foto: Sandro Lima

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas emitiu nota nesta quinta-feira, 30, informando que a desembargadora eleitoral substituta Maria Esther Cavalcante Manso, integrante da Comissão de Propaganda Eleitoral do TRE/AL, proferiu, em caráter liminar, uma decisão determinando que o governador de Alagoas, Paulo Dantas, retire de seu perfil no Instagram, no prazo de 24 horas e sob pena de multa, dois vídeos que assinaturas de ordens de serviço no interior. 

A assessoria de Comunicação do TRE/AL informou que na mesma decisão, a magistrada determinou que o ex-governador Renan Calheiros Filho se abstenha de manifestar-se como patrono das ações estatais em eventos promovidos pelo Governo do Estado de Alagoas que utilizem bens, serviços e materiais públicos, sob pena de multa de 15 mil UFIR em caso de descumprimento.

“O perigo de dano ou ao resultado útil do processo encontra-se no risco à incolumidade do pleito, representado pelo desequilíbrio ilegal dos meios de comunicação com o eleitorado, bem como pela confusão gerada no público em relação aos exatos papéis desempenhados pelos Representados, especialmente pelo senhor José Renan Vasconcelos Calheiros Filho, colocando-o em ilegítima vantagem eleitoral”, explicou a desembargadora eleitoral em sua decisão.

Ainda de acordo com a magistrada, “não se trata de censura prévia, mas de preservação das balizas democráticas em prol do desenvolvimento social conforme os valores eleitos em nossa Carta Magna”.

*Com assessoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados