Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Collor poderá embaralhar o jogo?

Marcelo Bastos |

Numa postagem recente no meu blog, afirmei que o melhor caminho para o senador Collor, no pleito de 2022, seria o Governo do Estado, já que os atuais pré-candidatos não tem grande densidade eleitoral e sua candidatura à reeleição para o senado não teria êxito, uma vez que o grande favorito é Renan Filho.

  No dia 14 de junho, por meio de um vídeo que viralizou nas redes sociais, Collor fez o lançamento da sua pré- candidatura ao Governo de Alagoas, justificando que tomou essa decisão política, como forma de proporcionar um palanque para o presidente Bolsonaro.

  O caminho a ser percorrido por Collor não será fácil, pois terá que enfrentar os dois principais grupos políticos do Estado. Um deles comandado pelo Clã dos Calheiros, que apoia a reeleição do governador tampão, Paulo Dantas, e outro comandado pelo presidente da câmara federal, Arthur Lira, que apoia o senador Rodrigo Cunha. Vale ressaltar, que Collor ainda terá outro obstáculo na sua caminhada, o pré-candidato Rui Palmeira, que apesar de não ter uma grande estrutura política, em todas as pesquisas divulgadas até agora, aparece muito bem situado.

  Para Collor ser competitivo na disputa ao Governo em 2022,  precisará ter uma grande estrutura de campanha, sobretudo um marketing inteligente nas redes sociais e na mídia tradicional, aumentar o número de partidos em apoio a sua candidatura como forma de adquirir um tempo razoável no guia eleitoral e, acima de tudo, conquistar a maioria do eleitorado do presidente Bolsonaro.

  Dessa maneira, caso Collor consiga vencer esses obstáculos, provavelmente vai embaralhar o jogo político e terá grandes possibilidades de chegar ao segundo turno do pleito.

 

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados