Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Os percalços que poderão surgir no caminho de Jó Pereira

Marcelo Bastos |

  Numa postagem recente no meu blog, afirmei que a deputada Jó Pereira tem uma destacada atuação na Casa de Tavares Bastos e passou a ser a candidata dos sonhos para vice-governadora de todos os pré-candidatos ao Governo do Estado. Dessa forma, haverá grande possibilidade da deputada Jó Pereira vir a compor a chapa do senador Rodrigo Cunha.

  Como poetizou Carlos Drummond de Andrade, que em todo caminho há uma pedra, poderão surgir duas pedras na caminhada de Jó Pereira. Uma delas poderá ser representada pela possibilidade de Regis Cavalcante vir a ser candidato a governador pela Federação Partidária(PSDB/Cidadania). Caso esse fato vier a acontecer, a deputada ficará impossibilitada em ser candidata vice de Rodrigo Cunha(União Brasil), pois como é filiada ao PSDB, estará atrelada à Federação Partidária(PSDB/Cidadania). Outra pedra que poderá aparecer no caminho da parlamentar é a real possibilidade de o deputado federal Pedro Vilela(PSDB) ser o vice-governador na chapa de Paulo Dantas(MDB) ou o primeiro suplente ao senado na chapa de Renan Filho(MDB).

  Desse modo, caso a parlamentar não consiga vencer as pedras que poderão surgir no seu caminho, só lhe restará a alternativa de ser candidata à reeleição para deputada estadual ou candidata a deputada federal. Vale ressaltar que o seu partido o PSDB, até o presente momento, não formou chapa  para deputado estadual e nem  para deputado federal. Assim sendo, para que Jó Pereira venha  a ser candidata a deputada estadual, deverá ter, no mínimo, 45.000 votos para brigar por sobras de vagas ou atingir 56.000 votos, para se eleger pelo quociente eleitoral. Caso venha a ser candidata para deputada federal, deverá ter, no mínimo, 135.000 votos para brigar por sobras de vagas ou 170.000 votos, para se eleger pelo quociente eleitoral.

  Por todos esses fatos mencionados, talvez a decisão da deputada Jó Pereira em se filiar ao PSDB tenha sido o maior equívoco de toda a sua caminhada política.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados