Blog do Vilar
Blog do Vilar

Pela fala de Bivar, União Brasil já deixou palanque de Garcia em SP e nada tem a ver com Alagoas. Arthur Lira blefou?

Lula Vilar|
Deputado Arthur Lira
Deputado Arthur Lira / Foto: AP

Em entrevista ao UOL, o presidente nacional do União Brasil e deputado federal Luciano Bivar disse que o União Brasil decidiu abandonar o palanque do pré-candidato ao governo de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB). Além disso, o motivo alegado por Bivar nada tem a ver com o Estado de Alagoas, diferente do que havia sido destacado pelo deputado federal Arthur Lira (Progressistas), em suas redes sociais. 

 

Na manhã de hoje, diante do impasse envolvendo o PSDB de Alagoas, que tem – segundo bastidores – negociado uma aliança local com o MDB do senador Renan Calheiros (MDB) ex-governador Renan Filho, o deputado federal Arthur Lira disse que caso a aliança entre o União Brasil e o PSDB não fosse mantida em Alagoas, em São Paulo o apoio do União Brasil aos tucanos seria retirado. 

 

Arthur Lira entrou na briga porque é um dos principais articuladores da candidatura do senador Rodrigo Cunha (União Brasil) ao governo de Alagoas. Lira quer indicar a deputada estadual Jó Pereira (PSDB) para ser vice de Cunha na disputa majoritária alagoana. Caso o PSDB feche aliança com o MDB, Pereira não pode compor o bloco político da oposição aos Calheiros no Estado. Esta é uma preocupação de Lira.

 

Todavia, conforme Luciano Bivar, o União Brasil já não tem mais aliança com Rodrigo Garcia por outros motivos. Se Bivar fala a verdade, o que Arthur Lira fez foi simplesmente um “blefe” diante das dificuldades enfrentadas pela oposição em Alagoas. 

 

Bivar, inclusive, negou que a decisão em São Paulo tenha relação com o fato do PSDB e do MDB terem firmado acordo nacional na disputa pela presidência da República, com os emedebistas indicando Simonte Tebet e os tucanos colocando Tasso Jereissati como vice. Bivar diz que Rodrigo Garcia e o tucanato “não apoiam o imposto único” que é uma das bandeiras do União Brasil. Claro que o motivo também não é esse!

 

“Pode ter relação indireta [o abandono da aliança] porque Tebet tem projeto econômico diferente do nosso", afirmou Bivar, que também é presidenciável. Bivar frisa que a decisão de declinar do apoio já foi informada a Rodrigo Garcia, após uma reunião entre ambos. 

 

Em São Paulo, o União Brasil agora é disputado pelo grupo dos candidatos Tarcísio Freire (Republicanos), que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL); e Fernando Haddad (PT), que tem o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 

E aí, Arthur Lira, blefastes?

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cada Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados