Blog do Vilar
Blog do Vilar

Segundo bastidores, Cidadania não tem objeções ao acordo entre PSDB e MDB

Lula Vilar|
Pedro Vilela
Pedro Vilela / Foto: Assessoria

Integrante da federação com o PSDB, o Cidadania colocou um pré-candidato ao governo no jogo: o jornalista e ex-deputado federal Régis Cavalcante. O nome dele foi lançado logo que a deputada estadual Jó Pereira (PSDB) foi posta como a possível vice do senador Rodrigo Cunha (União Brasil) na disputa pelo governo do Estado de Alagoas. 

 

Como PSDB e Cidadania confirmaram a federação, a pré-candidatura de Régis Cavalcante se tornou o primeiro entrave para Jó Pereira ser a vice de Cunha, já que as siglas são obrigadas a marchar juntas. 

 

Agora, conforme os bastidores políticos, o PSDB pode mudar de lado e se aliar ao MDB do senador Renan Calheiros e do ex-governador Renan Filho. 

 

No suposto acordo estaria a condição do deputado federal Pedro Vilela (PSDB) ser o vice do governador Paulo Dantas (MDB), ou o parlamentar ser o suplente do ex-governador Renan Filho na disputa pelo Senado Federal. A primeira opção tem sido cogitada como a mais viável.

 

O cenário mudou. Sendo assim, se o Cidadania era um obstáculo para Jó Pereira ser vice de alguém, uma fonte revelou ao blog o que o partido integrante da federação com os tucanos não será problema para que Pedro Vilela seja vice de Paulo Dantas. Logo, a tendência é Régis Cavalcante retirar a candidatura caso os tucanos fechem acordo político com o PSDB. 

 

A desculpa: o problema era o apoio do deputado federal Arthur Lira (Progressistas) ao senador Rodrigo Cunha (União Brasil). Ah, tá... 

 

Caso essa desculpa se confirme, acredita nela quem quiser... 

 

As digitais do enxadrista-mor da política alagoana, o senhor senador Renan Calheiros, estão tão visíveis que nem precisa chamar equipes do CSI. 

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cada Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados