Blog do Vilar
Blog do Vilar

Jó Pereira avalia federação PSDB e Cidadania: “O momento é de diálogo. Vamos marcar conversa com o Régis Cavalcante”

Lula Vilar|
Jó Pereira
Jó Pereira / Foto: Assessoria

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, no dia de hoje, por unanimidade, a criação da federação partidária entre o PSDB e Cidadania. Com a união das siglas há consequências também nas esferas estaduais, sendo estas obrigadas a marcharem juntas.

Essa situação traz reflexos na conjuntura política de Alagoas, como já mostrou a imprensa local, inclusive este blog. 

De um lado, o PSDB apresentou o nome da deputada estadual Jó Pereira para ser a vice do senador Rodrigo Cunha (União Brasil), na disputa pelo governo do Estado. Inclusive, Cunha deixou o “ninho tucano” e foi para o União Brasil por conta dessa aliança. 

Do outro lado, o Cidadania apresentou o nome do jornalista e ex-deputado federal Régis Cavalcante como pré-candidato ao governo estadual. Uma situação inviabiliza a outra. 

Conversei com Jó Pereira sobre a situação. Ela destaca que isso faz parte de um processo natural da “pré-campanha”, pois “ninguém é candidato ainda, mas sim pré-candidato”. “É natural que, diante do atual cenário, cada partido, cada integrante de partido, seja do PSDB, do Cidadania, ou de qualquer outro, mostre as suas pretensões, que são desejos, vontades, para se discutir nesse momento de pré-campanha”, coloca a deputada estadual.

Ela confirma que o PSDB segue com o planejamento para indicar o seu nome para vice de Rodrigo Cunha. “É isso que tem sido conversado e não se trata de algo pessoal, mas sim de conversas que envolvem um grupo e a intenção do PSDB, que é majoritário na federação. Isso não foi algo imposto, mas um diálogo dentro do próprio partido. Tenho conversado com o presidente estadual do PSDB, deputado federal Pedro Vilela, com o ex-governador Teotônio Vilela e com a instância nacional do partido”, explica Pereira.

Jó Pereira coloca ainda que – diante da federação confirmada – o PSDB estadual deve buscar o diálogo com Cidadania de Alagoas para chegar ao entendimento. “Isso já está para ocorrer. Vamos marcar para conversar com o Régis Cavalcante, marcar esse diálogo nesse momento de pré-campanha. Não é hora de bater martelo, mas de conversar. Cabe a federação, dentro das instâncias, discutir as situações. Eu tenho tranquilidade em relação a isso”, finalizou a parlamentar.

Pereira evita construir um embate, mas sim buscar um entendimento entre os projetos opostos do Cidadania e do PSDB em Alagoas. A ideia, pelo que se observa, é trazer o Cidadania para dentro do grupo político que hoje tem como principal personagem o deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. 

É válido frisar, entretanto, que, do outro lado, Régis Cavalcante foi bem enfático em anunciar a sua pré-candidatura ao governo estadual. 

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cada Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados