Ricardo Mota
Ricardo Mota

Temor de enfrentar outro poder levou governistas a recuar do "pente fino" na gestão Klever Loureiro

Ricardo Mota|
Plenário da Assembleia Legislativa (ALE)
Plenário da Assembleia Legislativa (ALE) / Foto: Vinícius Firmino-Ascom ALE - Arquivo

A nota publicada neste blog, sobre o pretenso “pente fino” sobre a gestão de Klever Loureiro - defendido por alguns governistas (o que não envolveria Paulo Dantas) – provocou grande alvoroço entre alguns palacianos.

Houve um sensato recuo, o que já era defendido pelo importante personagem que informou ao blog sobre a pretensa iniciativa.

A argumentação dele, ao que parece, foi decisiva: poderia resultar no enfrentamento entre dois poderes – e não apenas com o ex-governador interino. Um deputado da bancada dantista chegou a dizer que “o que vale é daqui pra frente”.

Mas que a fofoca rolou solta, os eleitores e leitoras não tenham dúvidas.

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados