Rodrigo Cunha: Alagoas “precisa criar políticas para atrair investimentos e gerar emprego e renda"

Assessoria|
Rodrigo Cunha
Rodrigo Cunha / Foto: Divulgação

O senador Rodrigo Cunha (União) criticou a alta taxa de desemprego de Alagoas. Por meio de postagem em suas redes sociais, Cunha cobrou mais ação do governo estadual na busca pela criação de novas vagas de trabalho.

“Só quem já ficou desempregado sabe a dificuldade que é passar por esse momento. No final de 2021, eram mais de 200 mil alagoanos nessa situação. Uma das maiores taxas de desemprego do Brasil”, destacou o parlamentar.

“Quem governa no ar-condicionado tem o dever moral de ajudar quem está ralando atrás de trabalho. Nosso Estado precisa criar políticas para atrair investimentos e gerar emprego e renda. Precisamos de um governo ativo, que corra atrás, ao invés de perder tempo lavando as mãos e jogando a responsabilidade no colo dos outros. Quem está desempregado tem pressa. Alagoas pode mais”, afirmou Rodrigo Cunha em sua postagem.

A taxa de desemprego em Alagoas alcançou 14,2% no 1º trimestre de 2022 , índice acima da média nacional, que foi de 11,1% no mesmo período. A informação foi divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O rendimento médio real do trabalhador alagoano foi de R$ 1.708 no 1º trimestre, bem abaixo da média brasileira, que é de R$ 2.548.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados