Ricardo Mota
Ricardo Mota

Para crescer e aparecer, governador-tampão terá de fazer mais e melhor do que Renan Filho

Ricardo Mota|
Renan Filho e Paulo Dantas
Renan Filho e Paulo Dantas / Foto: Maria Luiza/ CM

O que se espera do futuro governador-tampão é que ele seja capaz de fazer uma revolução administrativa em Alagoas. E em pouquíssimo tempo: menos de dois meses, período em que ele pode usar a caneta e a mídia ao seu gosto.

Depois disso, a partir de 2 de julho, ao tampão – como a qualquer outro governador – só será permitido muito pouco. O mais importante: manter a máquina funcionando e pagar as contas em dia (afinal, os cofres estão cheios, como já garantiram Santoro e Renan Filho).

No resumo, Dantas terá de fazer mais e melhor do que Renan Filho, em muito menos tempo.

SOBRE O AUTOR

Jornalista, escritor e músico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados