Agentes são afastados do Ronda no Bairro após denúncia de agressão contra adolescente no Centro

Redação|
Centro de Maceió durante a Black Friday
Centro de Maceió durante a Black Friday / Foto: Maria Luiza Lúcio/ CM

A  superintendência do Programa Ronda no Bairro decidiu afastar os agentes que estão envolvidos numa denúncia de agressão contra um adolescente que fazia entregas no Centro de Maceió, que vem sendo acompanhada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL).

"Diante da ocorrência e do processo administrativo que está sendo realizado juntamente ao setor disciplinar, o Programa determinou o afastamento dos agentes de proximidade envolvidos na ocorrência das atividades operacionais nas regiões de atuação contempladas pelo PRB durante o período de apuração", diz o comunicado da superintendência do Ronda no Bairro. 

Conforme a denúncia, o adolescente teria sido abordado de forma truculenta pelos agentes do Programa Ronda no Bairro enquanto trabalhava no Centro. Imagens de câmeras de segurança da região mostram que a vítima circulava de bicicleta quando foi surpreendida com um golpe pelas costas e caiu no asfalto, sendo agredida pelos agentes comunitários de segurança logo em seguida, com choques e com palavras que configuram injúria racial.

“Vemos a abordagem com preocupação, tendo em vista que o Ronda no Bairro apresenta uma proposta comunitária, de policiamento de proximidade. O que observamos é uma atitude criminosa por parte dos agentes, configurando, com base no vídeo e no relato da vítima, o crime de tortura majorada e injúria racial”, explica.

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados