Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Acirrada disputa para o Governo de Alagoas.

Marcelo Bastos |

 

  De acordo com a pesquisa de intenções de voto do Instituto Paraná para o Governo do Estado, o pré-candidato Rodrigo Cunha aparece em primeiro lugar, com 28,6%, seguido de Rui Palmeira, com 22,9%, e Paulo Dantas, com 17%. Os números apresentados pelos três principais pré-candidatos ao Governo de Alagoas demonstra que a disputa será bem acirrada.

  Nesse primeiro momento na caminhada rumo ao Palácio dos Martírios, alguns fatores justificam a liderança do pré-candidato Rodrigo Cunha: a forte estrutura política construída pelos os partidos que lhe dão sustentação; o apoio do prefeito da capital, JHC; a aliança com Arthur Lira, que faz o senador perder no voto do eleitor formador de opinião, porém ganha com a força política de Lira no interior. Outro fator a ser destacado é a própria origem do senador, Arapiraca, cidade que nunca elegeu um governador, e constitui o segundo colégio eleitoral do Estado.

  Rui Palmeira, apesar de não ter uma grande estrutura política e nem a máquina municipal de Maceió e nem a do Estado a seu favor, apresenta números consistentes nas intenções de voto para a disputa do pleito, revelando que tem capilaridade eleitoral para brigar pela principal cadeira do Palácio dos Martírios.

 

  Vale ressaltar, que para Paulo Dantas entrar definitivamente nessa disputa, depende que o imbróglio jurídico da eleição do governador tampão seja resolvido, o que lhe permitirá ser eleito pelos seus pares. Dessa forma, o deputado corre contra o tempo, pois depois do dia 2 de julho, caso Dantas já esteja na condição de governador tampão e candidato à reeleição, não poderá nomear, contratar,demitir e nem participar de eventos públicos de acordo com legislação eleitoral o que faz perder visibilidade. Se Paulo Dantas conseguir vencer esses obstáculos, certamente será um candidato competitivo, já que terá a máquina estadual a seu favor, o apoio da maioria dos 102 prefeitos do Estado, o clã dos Renans e de quase a totalidade dos deputados estaduais.

  A disputa para o Governo do Estado está acirrada, e convém que aguardemos novos fatos e novas pesquisas para que saibamos como finalizará essa peleja.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados