Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Rodrigo Cunha abandonou a nova política?

Marcelo Bastos |

  Rodrigo Cunha foi um fenômeno nas eleições de 2014, quando configurou como o deputado estadual mais votado com 60.759 votos e voltou a impressionar, quando nas eleições de 2018 obteve 274.176 votos na frente do todo poderoso senador Renan Calheiros para a disputa do senado, sempre com um discurso de nova política, e foi nessa situação que o eleitorado de Alagoas acreditou no seu projeto político.

  Nas eleições de 2018, Rodrigo Cunha fugiu dos Liras como o diabo corre da cruz e agora surpreendentemente se tornaram amigos de infância  e estão unidos pelo projeto de poder. Dessa forma, o eleitorado ainda está processando o contrassenso da saída do senador do PSDB para o União Brasil(junção do PSL e Democratas), partido este que representa o que existe de mais retrógrado na política do país.

  Como reagirá o eleitor diante dessa aliança construída pelo senador, para o pleito de 2022, quando parece não ter sido consultado para essa decisão?

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados