Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Arthur Lira e Marcelo Victor, quem ganha essa briga?

Marcelo Bastos |

A aliança política do presidente da Câmara Federal Arthur Lira e do presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Victor perdurou por muitos anos. Nas eleições para prefeito de Maceió, em 2020, estiveram juntos em apoio à candidatura do deputado estadual Davi Davino Filho, que obteve naquele pleito uma excelente votação, ficando em 3° lugar.

Com a renúncia do vice-governador Luciano Barbosa, eleito prefeito de Arapiraca em 2020, as eleições de 2022 em Alagoas serão atípicas, pois com a saída de Renan Filho do cargo de governador para disputa do senado da República, caberá à Assembleia a escolha do governador tampão. Essa atribuição, que cabe ao legislativo, só aumentará o poder do presidente Marcelo Victor, que lidera a maioria dos deputados que muito provavelmente elegerá o deputado Paulo Dantas como governador tampão.

Consolidando cada vez mais o seu poder junto aos seus pares na Casa de Tavares Bastos, Marcelo Victor filiou-se aos Democratas para, logo em seguida, assumir o comando do União Brasil (junção do PSL com os Democratas), partido esse que terá a maior cota dos bilhões do fundo eleitoral.

Ao longo do ano de 2022, Marcelo Victor distanciou-se de Arthur Lira e aproximou-se do governador, a passos largos, vale ressaltar que a indicação do vice-governador na reeleição do deputado Paulo Dantas, caso seja eleito tampão, caberá a Renan Filho. Diante desse fato, a aliança política de Arthur e Marcelo, criou uma fissura e consequente rompimento entre eles, visto que o principal inimigo político de Lira é o clã dos Calheiros.

Dessa forma, como consequência desse rompimento político, Marcelo Victor, perde o comando do União Brasil para Arthur Lira e se filia junto com os seus pares, ao MDB dos Calheiros.

O primeiro round da luta foi vencido por Arthur Lira e quem dará o nocaute final, só o resultado das urnas dirá.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados