Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Qual o caminho que Collor seguirá nas eleições de 2022?

Marcelo Bastos |

Nas eleições de 2006, Collor, " no apagar das luzes" registrou a sua candidatura ao senado e numa campanha de apenas 28 dias foi eleito senador com uma votação de 550.725 votos (44,04%). De forma sagaz utilizou os votos de protesto e a sua vitimização pelo impeachment sofrido, além da derrota do seu principal concorrente, Ronaldo Lessa, obtida no TSE, como fatores preponderantes para a surpreendente vitória.

Collor, nas eleições de 2014, foi reeleito senador com uma votação de 689.266 votos (55,69%), favorecido pelo apoio de quase todas as forças políticas do Estado, por uma campanha milionária, pelo grande espaço de tempo disponibilizado no guia eleitoral e, além disso, por sua principal adversária, Heloísa Helena, não ter qualquer estrutura de campanha e praticamente sem dispor de tempo no guia eleitoral, além de estar completamente isolada de todas as forças políticas.

Nas eleições de 2022 o cenário será completamente diferente das duas eleições disputada por Collor para o senado. Os dois principais grupos políticos que estão sendo construídos para a disputa majoritária não acenam até o momento com a possibilidade do senador Collor ter espaço para a ser o candidato a única vaga disponível para o senado ou até mesmo para o governo.

No grupo que está sendo liderado por Renan Filho, cujo o candidato ao senado é o próprio governador, o provável candidato ao governo é o deputado estadual Paulo Dantas.

Já no grupo que é liderado pelo prefeito JHC, o provável candidato ao governo do Estado é o senador Rodrigo Cunha. Tal grupo ainda não ventilou qual será o candidato ao senado e, uma vez que tem como plataforma " a nova política", é improvável que o senador Collor venha encontrar qualquer espaço nesse grupo.

Diante da atual conjuntura, o provável caminho a ser seguido pelo senador Collor é a construção de uma terceira via ou manter-se, mais uma vez, como um cavaleiro solitário, já que não é aceito a grupos.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados