Rodrigo Cunha destaca avanço na instalação de mais 33 pontos de internet Wi-Fi grátis em Alagoas

Assessoria|
Rodrigo Cunha se reúne com presidente do BNDES para tentar destravar crédito para as empresas
Rodrigo Cunha se reúne com presidente do BNDES para tentar destravar crédito para as empresas / Foto: Assessoria

O senador Rodrigo Cunha (PSDB) destacou nesta terça-feira (11) que o “mês de janeiro será marcado pelo avanço na instalação de pontos de internet Wi-Fi em Alagoas, com mais 33 novos pontos instalados em 19 municípios alagoanos, levando conexão gratuita e de qualidade para comunidades que antes enfrentavam várias dificuldades para se conectarem à rede mundial de computadores”.

O pontos de acesso ao Wi-Fi grátis no estado estão sendo implementados com recursos de R$ 9,2 milhões garantidos em Brasília por Rodrigo Cunha e pelo deputado federal Pedro Vilela (PSDB). Com os novos 33 pontos, serão totalizadas instalações em 72 municípios do estado. Em breve, localidades das 102 cidades alagoanas receberão o sinal de internet sem fio gratuito assegurados com os investimentos alocados pelos parlamentares.

A ação vem se consolidando como um passo rumo a projeto macro de promoção da inclusão digital em Alagoas, integrando o Programa Wi-Fi Brasil e ofertando conectividade a centenas de comunidades do interior do estado e capital. O Programa é nacional e vem beneficiando a sociedade alagoana graças ao empenho dos parlamentares – Cunha e Vilela – na indicação de emendas parlamentares. Ao todo serão 134 pontos em todo o território alagoano.

“Sabemos da importância que o acesso à internet de forma livre tem nos dias atuais. Com esta conexão, são ampliadas as oportunidades de informação, educação, uso de serviços públicos, entretenimento, entre outros benefícios. Estes pontos de Wi-Fi gratuitos estão garantindo esta conquista para diversas comunidades espalhadas nos 102 municípios de nosso estado. E esta é uma contribuição que está inserida em um grande projeto, de democratizar o acesso à rede e fazer de Alagoas um estado mais incluído digitalmente”, reforçou Rodrigo Cunha.

O Programa Wi-Fi Brasil tem duas modalidades. Uma chamada Wi-Fi Livre, que se trata de uma ação visando levar conectividade Wi-Fi para praça ou locais públicos sem acesso à internet em banda larga.

Já a outra modalidade chamada Wi-Fi Gesac pretende levar internet gratuita às escolas, associações comunitárias, telecentros, instituições públicas de saúde e de assistência social, localizadas em áreas rurais, remotas e urbanas em situação de vulnerabilidade, incluindo as comunidades tradicionais, como quilombolas e indígenas. O alcance do sinal de internet atinge um raio de 200 metros de extensão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados