Após agredir filho de sete anos na orla, mulher é espancada por populares e presa

Redação*|
Foto: Ascom Ronda no Bairro

Uma mulher de 44 anos foi presa, nesta sexta-feira (14), acusada de agredir o filho de sete anos, com necessidades especiais, na orla de Maceió. 

De acordo com informações do Programa Ronda no Bairro (PRB), populares tentaram linchar a agressora ao perceberem a agressão, situação que foi controlada pelos agentes de proximidade do PRB. 

Ela estava acompanhada do marido, um professor universitário de 43 anos. O Conselho Tutelar foi acionado e os envolvidos encaminhados para a Delegacia de Crimes Contra Crianças e  Adolescentes (DCCCA), na Jatiúca.

A guarnição do Ronda no território Orla realizava patrulha, quando percebeu a situação e acionou os agentes sociais do PRB. A mãe, que é confeiteira, agredia seu filho e segundo informações obtidas pelos agentes, todos são do município de São Carlos, em São Paulo, e chegaram à capital alagoana nesta quinta-feira (13).

De acordo com populares, houve espancamento do menor, o que teria ocasionado a revolta e a tentativa de linchamento. Seguindo orientação do conselheiro tutelar responsável pela região, o casal e o filho foram encaminhados para a Delegacia de Crimes Contra Crianças e Adolescentes (DCCCA), na Jatiúca. As testemunhas abriram um Boletim de Ocorrência.

Por fim, a agressora foi conduzida para a Central de Flagrantes para realização de outros procedimentos cabíveis.

*Com assessoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados