Governo de SE quer parceria com AL para que Cânion de Xingó passe por inspeção

Redação|
Cânions do São Francisco
Cânions do São Francisco / Foto: blog do pedro eloi

O Governo de Sergipe informou, nesta segunda-feira (10), que vai acionar o Governo de Alagoas para que juntos realizem uma inspeção no Cânion de Xingó, que fica na divisa entre os dois estados. No último final de semana, um paredão desabou na região do Capitólio em Minas Gerais. Ao todo, 10 pessoas morreram e 27 ficaram feridas.

O secretário de estado do turismo de Sergipe, Sales Neto, disse que a meta é fazer um estudo preventivo envolvendo os dois governos, órgãos de segurança e universidades.

"É importante ressaltar que as condições do Cânion de Xingó é totalmente diferente das do Capitólio em Minas Gerais. Nós não temos cachoeiras passando por cima do Cânion, não temos correntes de água e os índices de chuva de Sergipe e Alagoas são muito mais baixos do que os de Minas Gerais. Portanto, é uma questão de prevenção", enfatizou.

O Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) disse que o fenômeno ocorrido em Capitólio é comum e pode se repetir em outros trechos da paisagem.

Conforme avaliação preliminar dos pesquisadores em geociências, a presença de rochas de fácil desagregação, a grande intensidade de fraturas, a percolação de água por fendas e o volume de chuvas excepcionais foram elementos potenciais para a deflagração do processo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados