Entregador de gás rouba cerca de R$ 2 mil, mata mulher enforcada com a própria blusa e é preso

Redação*|
Material roubado da casa da vítima que foi apreendido com o acusado
Material roubado da casa da vítima que foi apreendido com o acusado / Foto: Ascom PC

Um dia após o assassinato que vitimou Edlene Rodrigues de Moura, de 47 anos, a Polícia Civil elucidou o crime e prendeu, na tarde desse sábado (20), o suspeito de 20 anos que confessou o crime que foi cometido da tarde de sexta-feira (19), na cidade de Colônia Leopoldina. 

De acordo com a Polícia Civil, o autor confessou que foi entregar um botijão de gás na casa da vítima, e lá percebeu que ela residia sozinha e revendia roupas e bijuterias. “Após algum tempo retornou alegando que queria comprar algumas roupas e cometeu o homicídio, subtraindo da vítima a quantia de R$ 2.700, algumas camisas e um boné”, revelou um agente da PC.

O policial civil disse ainda que logo em seguida ao crime, o autor foi a uma loja na cidade e comprou um aparelho celular novo, pagando com o dinheiro obtido com o latrocínio.

O crime causou grande comoção na cidade devido a natureza pacata da vítima e por ser muito conhecida na cidade. “O jovem matou a vítima enforcando-a com a própria blusa da mulher”, completou o agente. 

O autor foi preso em sua residência juntamente com os pertences que ele havia subtraído da casa da vítima, bem como o celular que comprou, oriundo do crime.

*com Ascom PC

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados