Tereza Nelma leva para a Câmara dos Deputados a discussão sobre o câncer de mama em mulheres de 18 a 49 anos

Assessoria|
Tereza Nelma
Tereza Nelma / Foto: Assessoria

As comissões de Defesa dos Direitos da Mulher, de Seguridade Social e Família e de combate ao câncer da Câmara dos Deputados discutem, nesta quinta-feira (14), às 9h30, o enfrentamento do câncer de mama nas mulheres de 18 a 49 anos. A audiência terá transmissão ao vivo pelo Portal E-democracia ( https://edemocracia.camara.leg.br ) e as pessoas podem participar com perguntas, sugestões e comentários.

A audiência pública integra a programação do Outubro Rosa e foi solicitado pela parlamentar alagoana, deputada Tereza Nelma (PSDB-AL), que tem um histórico pessoal de luta contra o câncer e tem se destacado na luta por políticas públicas para melhorar o atendimento às pacientes oncológicas.

Tereza Nelma ressalta que existem vários tipos de câncer de mama. “Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico”, afirma a parlamentar. “Precisamos discutir esse assunto urgente porque o câncer não espera, o câncer mata”, acrescenta.

O rastreamento do câncer de mama atualmente só é feito pelo SUS em mulheres entre 50 a 69 anos.

Nelma, paciente oncológica e mastectomizada, lembra ainda que a pandemia de Covid-19 dificultou ainda mais o acesso ao diagnóstico e tratamento.

Segundo o Inca, o câncer de mama é uma doença rara em mulheres jovens e sua incidência começa a ser mais expressiva a partir dos 40 anos.

O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete as brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. O câncer de mama só fica atrás do câncer de pele não melanoma.

O Outubro Rosa é uma campanha mundial de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Foram convidados para discutir o assunto com as deputadas, entre outros:

- a diretora do Departamento de Atenção Especializada em Temática do Ministério da Saúde, Maíra Botelho;

- o mastologista e cancerologista do Hospital Meridional (Serra/ES), Nelson Luiz Nunes de Faria;

- um representante do Instituto Nacional de Câncer (Inca);

- um representante do Instituto Lado a Lado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados