PM lamenta morte de sargento baleado após suposto surto

Redação*|
Foto: Arquivo Pessoal

A assessoria de Comunicação da Polícia Militar de Alagoas comunicou, através de nota de pesar, o falecimento do 3º Sargento Alessandro Oleszko, ocorrido nesta terça-feira (12).

O Sargento Oleszko ingressou na Corporação no ano de 2006 e, atualmente, estava lotado no 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Em nome de toda a Corporação, o Comandante-geral, Coronel Wellington Bittencourt, lamenta a morte deste profissional de segurança pública, externando os sentimentos de mais profundo pesar aos amigos, familiares e companheiros de farda.

As primeiras informações dão conta que o sargento foi baleado na perna, na tentativa de conter um surto psicótico, na noite de segunda-feira (11), em Rio Largo. Alessandro mostrava um comportamento agressivo e tentou avançar contra seus companheiros militares. 

Oleszko chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE) por uma ambulância, mas morreu no hospital.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o corpo do militar deu entrada às 6h40 de hoje (12). Após a conclusão da necropsia o corpo deve ser liberado para o sepultamento.

De acordo com a PM-AL, os fatos da ocorrência envolvendo o militar estão sendo apurados.

Através do Centro de Assistência Social (CAS), a Polícia Militar está oferecendo todo apoio à família do sargento, bem como aos integrantes das guarnições que participaram do atendimento.

*Com Assessoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados