Alagoas não irá comprar vacinas direto com o Instituto Butantan, afirma Sesau

Alícia Flores*|
Vacina da CoronaVac
Vacina da CoronaVac / Foto: Reprodução / Internet

Alagoas não irá comprar vacinas diretamente com o Instituto Butantan, segundo afirmou a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), na tarde desta sexta-feira (24), ao CadaMinuto.

Após finalizar os dois contratos com o Ministério da Saúde, que previam a entrega de 100 milhões de doses do imunizante CoronaVac, o Instituto passou agora a negociar doses diretamente com os estados. 

Até agora, cinco estados já firmaram o acordo: Ceará, Piauí, Mato Grosso, Espírito Santos e Pará. Segundo o Butantan, 2,5 milhões de doses dessa vacina serão entregues a estes cinco estados. 

O Espírito Santo comprou 500 mil doses, o Piauí 200 mil, o Ceará, 300 mil, o Mato Grosso, 500 mil. Já o Pará ficará com 1 milhão. 

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse ao portal Metrópoles que solicitou ao MS a renovação do contrato com o Butantan há mais de 100 dias, a fim de ter mais doses de CoronaVac disponíveis no Plano Nacional de Imunização (PNI). 

Porém, até agora a pasta não respondeu à solicitação dos estados. 

Com o fim das entregas ao MS, o Instituto não tem mais obrigações contratuais com o governo federal e está autorizado a negociar vacinas diretamente com os estados. 

 

Vacinação em Alagoas

3.062.095 doses das vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas em Alagoas, até a última quinta-feira (23). São 2.002.254 pessoas vacinadas com a primeira dose e 1.059.841 já imunizadas com a segunda dose ou dose única.

Alagoas recebeu, do Ministério da Saúde, 4.248.766 doses das vacinas – CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen –, e distribuiu 3.557.258 doses de vacinas para os 102 municípios.

Desde o início da Campanha Estadual de Vacinação em Alagoas, em 19 de janeiro deste ano, foram aplicadas 869.186 doses da CoronaVac, 1.352.718 da AstraZeneca, 785.411 do imunizante Pfizer e 54.998 da vacina Janssen.

*Estagiária sob supervisão da editoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados