Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Murilo Mendes- uma trajetória marcada pela decência.

Marcelo Bastos |

A trajetória política de Murilo Rocha Mendes iniciou-se em 1978, quando foi eleito pelo MDB deputado federal com 14.751 votos, ficando em 7° lugar dentre as sete vagas em disputa. Em 1980 deixou o MDB e filiou-se ao PTB após a restauração do pluripartidarismo. Porém, como Ivete Vargas venceu a disputa do seu aliado político Leonel de Moura Brizola pelo comando da legenda do PTB, o grupo de Brizola fundou o PDT com adesão de Mendes. Nas regras eleitorais para o pleito de 1982 baixadas no Governo de João Batista Figueiredo, inviabilizaram os pequenos partidos, entre eles o PDT. Em virtude disso, Murilo Mendes, filiou-se ao PMDB.

Nas eleições de 1982, Murilo Mendes foi candidato a reeleição para deputado federal pelo PMDB, obtendo 27.353 votos, porém, não obteve êxito naquele pleito.

Murilo Mendes, antes de ingressar na carreira política, assumiu vários cargos como gestor público no Estado de Alagoas. Em 1959 foi nomeado chefe do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado. No Governo de Muniz Falcão foi secretário dos Negócios entre 1959 e 1961, além de presidir a Comissão Estadual da Reforma Tributária no período de 1965 a 1966. No Governo de Lamenha Filho, assumiu a Secretaria de Fazenda e nela permaneceu até 1971, quando retornou ao Tribunal de Contas do Estado. No Governo de Divaldo Suruagy, assumiu a Secretaria de Educação e Cultura.

Após concluir o seu mandato de deputado federal, em janeiro de 1983, retomou suas funções na chefia do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas de Alagoas e aposentando-se em 2004.

Murilo Mendes era um homem de muito preparo, muita competência e acima de tudo como gestor público, marcou a sua história pela probidade que tratava os recursos públicos. Faleceu no dia 13 de agosto de 2017.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados