Usineiro e ex-deputado João Lyra morre aos 90 anos após complicações da covid

Redação|
João Lyra
João Lyra

Faleceu na manhã desta quinta-feira (12), o usineiro e ex-deputado federal por Alagoas, João Lyra, 90 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. De acordo com as informações, o empresário não estava mais com o vírus, mas as sequelas provocaram uma forte pneumonia. 

O ex-deputado não chegou a ser entubado, mas precisou fazer uso do oxigênio devido às dificuldades para respirar. Ele estava internado em um hospital particular em Maceió.

João Lyra é fundador da Usina Laginha, que durante muitos anos foi uma das principais fontes de renda de municípios como União dos Palmares, Branquinha e Murici.

Lyra teve pneumonia no mês passado, além de ter passado por uma cirurgia de apendicite. Ele passou por uma infecção por broncoaspiração em decorrência da Covid-19.

Trajetória de João Lyra

O usineiro também foi deputado federal por dois mandatos e chegou a ser considerado o deputado mais rico do Brasil. Ele também foi candidato a governador em 2006, mas perdeu para Téo Vilela.

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Alagoas e empresário do setor sucroalcooleiro, o empresário foi o fundador da Usina Laginha e presidente do Grupo João Lyra. Em Alagoas, Lyra foi presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar do Estado, conselheiro da Associação Comercial e presidente da Associação dos Produtores Independentes de Açúcar e Álcool.

Ele chegou a lançar sua candidatura ao Senado Federal e se elegeu suplente. Ele assumiu o mandato de senador no dia 2 de janeiro de 1989, substituindo o titular, Guilherme Palmeira.

Ao todo, João tinha quatro usinas, uma delas em Minas Gerais. Além dela, empresa de táxi aéreo, adubo, jornal, rádio e concessionária de veículos. 

Em 2012, o Tribunal de Justiça de Alagoas decretou a falência do grupo sucroalcooleiro da Laginha. Desde novembro de 2008, a Laginha está em recuperação judicial, acumulando uma dívida de cerca de R$ 1,2 bilhão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados