Roberto Jefferson lembra impeachment de Collor e diz: "Bolsonaro pode ter o mesmo destino"

Coluna Labafero|

Sendo um dos grande aliados do presidente Jair Bolsonaro, o presidente do PTB e ex-deputado federal, Roberto Jefferson, fez um alerta sobre a ida do senador Ciro Nogueira para Casa Civil. 

Jefferson lembrou episódios do impeachment sofrido pelo senador Fernando Collor. Segundo ele, a nomeação de Nogueira no governo pode abrir espaço para  uma ‘traição’, como a que teria acontecido com o ex-presidente Fernando Collor meses antes de sofrer o impeachment.

“Temo que o Ciro possa representar para o presidente o que foi o [Jorge] Bornhausen para o Collor. Bornhausen não foi um homem correto para o Collor e eu temo que o Ciro possa não ser correto com o presidente Bolsonaro”, destaca Jefferson. 

Em 1992, o senador Jorge Bornhausen foi nomeado por Collor como ministro na Secretaria de Governo. O parlamentar tinha a missão de melhorar a articulação do então presidente no Congresso, porém, não foi o que aconteceu, segundo Jefferson. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados