Veto ao aumento do fundo eleitoral terá apoio de Pedro Vilela no Congresso Nacional

Assessoria|
Foto: Assessoria

O deputado Pedro Vilela (PSDB) declarou que se o presidente Bolsonaro vetar o aumento do fundo eleitoral, ele votará para manter o veto. Nesta terça-feira, 20 de julho, por meio de suas redes sociais, o parlamentar afirmou: “Caso confirmado o veto presidencial, ele será submetido ao Congresso Nacional por votação nominal e, como deixei claro desde a votação da LDO, votarei para manter o veto e impedir esse aumento do Fundo Eleitoral”.

“A emenda que contava com meu apoio para impedir o aumento do Fundo Eleitoral infelizmente foi derrotada e o Senado manteve essa posição. O que espero, agora, é que o presidente da República vete mesmo esse ponto que trata do aumento do fundo, e que o Congresso Nacional possa manter o veto”, reforçou o deputado.

Na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), Pedro Vilela conseguiu emplacar emendas que beneficiam a educação, a saúde, o turismo e o meio ambiente.  São conquistas importantes que impedem o contingenciamento de verbas para essas áreas, em especial à política educacional e ao meio ambiente, assegurando que recursos às universidades públicas e prevenção e combate aos incêndios e desmatamentos ilegais no país, não sofram cortes sob quaisquer pretextos.

O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 foi aprovado quinta-feira, 15. A matéria seguiu a para sanção presidencial.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados