Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

João Toledo- muito exerceu a medicina, sem nada cobrar.

Marcelo Bastos |

A trajetória política de João Cabral Toledo iniciou-se em 1950, quando foi eleito pelo PST deputado estadual com 1.135 votos, ficando em 20° lugar dentre as trinta e cinco vagas em disputa.

Nas eleições de 1954, João Toledo foi reeleito deputado estadual pelo PTN com 1.775 votos, ficando em 8° lugar dentre as trinta e cinco vagas em disputa. Nessa legislatura votou favorável ao pedido de impeachment do governador Muniz Falcão. No dia 13 de setembro de 1957, o plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas, tornou-se palco de um cenário de guerra, com um grande tiroteio entre os deputados de situação e oposição, que resultou na morte do deputado Humberto Mendes e a intervenção federal em Alagoas, pelo presidente da época Juscelino Kubitschek.

João Toledo, ainda foi eleito deputado estadual por mais três vezes. Na eleição de 1958 pelo PSD com 1.727 votos, ficando em 16° lugar. Na eleição de 1962 mais uma vez pelo PSD com 1.743 votos, ficando em 18° lugar. Na eleição de 1966 pela ARENA com 2.557 votos, ficando em 16° lugar.

Nas eleições de 1969, João Toledo é eleito prefeito do município de Capela, exercendo seu mandato de 1970 a 1973.

João Toledo, foi eleito prefeito do município de Cajueiro, assume em 1975, porém, não chega a concluir seu mandato, já que é assassinado na porta da prefeitura, em 18 de maio de 1977, assumindo o vice-prefeito José Ailton.

"Foi assassinado por um psicopata, alguém que botou na cabeça que queria ser prefeito de Cajueiro e que se matasse o prefeito, se tornaria ele o prefeito. Ele ia saindo da prefeitura, já estava descendo os degraus para entrar em seu carro que estava estacionado na frente. O assassino veio e lhe deu uma facada", nos relata Cícero Toledo Neto. (extraído do site www.atalaiapop.com).

O atual deputado federal Sérgio Toledo é neto de João Toledo.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados