Blog do Vilar
Blog do Vilar

Roberto Jefferson se reúne com Fernando Collor: PTB de Alagoas entra na conversa?

Lula Vilar|

No dia de hoje, o senador Fernando Collor de Mello (PROS) se reuniu com o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. O próprio dirigente da sigla publicou o encontro em suas redes sociais.

A reunião ainda contou com a presença dos petebistas Pedro Chaves, que é presidente da Juventude Trabalhista Cristã Conservadora; Graciela Nienov, que é vice-presidente nacional do PTB; e Mical Damasceno, deputada estadual do Maranhão e presidente estadual da sigla naquela unidade da federação.

A indagação que fica é: estaria Roberto Jefferson e Fernando Collor discutindo o futuro do PTB de Alagoas?

Há muito que nos bastidores há rumores sobre a saída de Collor do PROS. Há informações de um diálogo de Collor com o Patriotas, por exemplo. É que o senador alagoano, que se acostumou a ser camaleônico a cada pleito, tem vestido, cada vez mais, a roupa de bolsonarista. Logo, está em um partido mais alinhado ao presidente faria todo o sentido.

Segundo informações obtidas por esse blog, diante da confusão com o presidente estadual do PTB, o deputado Antônio Albuquerque, Roberto Jefferson e Collor já teriam conversado sobre o destino da sigla em Alagoas. Fernando Collor teria sondado a possibilidade de retornar à sigla.

Vale lembrar que foi pelo PTB que Fernando Collor de Mello se reelegeu senador da República.

Recentemente, Roberto Jefferson destituiu o deputado estadual Antônio Albuquerque do comando da sigla por conta de uma votação na Câmara dos Deputados (o polêmico projeto da liberação da maconha para fins medicinais). O filho de Albuquerque, o deputado federal Nivaldo Albuquerque, se negou a substituir o parlamentar do PTB – que integrava a comissão que analisava a matéria – por ele ser favorável à pauta.

É preciso frisar que Nivaldo Albuquerque e Antônio Albuquerque são contrários ao polêmico projeto, mas o deputado federal disse que mesmo com posição contrária não poderia interferir no entendimento do colega. Isso foi o suficiente para Roberto Jefferson reagir.

Antônio Albuquerque ingressou na Justiça contra o PTB e conseguiu – como já noticiado pelo CadaMinuto – uma decisão favorável, por meio de liminar. Ele segue, portanto, no comando estadual da legenda. O parlamentar ainda pede indenização por danos morais.

A reunião de Roberto Jefferson com Collor, de forma tão publicizada, soa até como uma provocação ao parlamentar alagoano.

Na batalha com Jefferson, Albuquerque tem levado vantagem. Convenhamos: o argumento do deputado estadual alagoano é válido e forte. Afinal, ele não pode pagar por questões envolvendo as posições do partido em relação à Câmara dos Deputados. O que o presidente nacional do PTB fez tem nome: retaliação.

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cada Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados