Blog do Vilar
Blog do Vilar

Marcelo Victor pode se aproximar de Renan Filho para consolidar candidaturas

Lula Vilar|
Marcelo Victor e Renan Filho
Marcelo Victor e Renan Filho / Assessoria

De acordo com informações dos bastidores da política alagoana, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas, Marcelo Victor (Solidariedade), pode construir um caminho de aproximação com o Palácio República dos Palmares para consolidar sua própria candidatura ao governo estadual, bem como abrir espaço para que o atual governador Renan Filho (MDB) concorra ao Senado Federal.

Marcelo Victor até então tinha estado muito próximo do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), que – em território alagoano – é o principal rival político dos Calheiros, pelo menos até aqui (afinal, em política tudo pode acontecer!).

Nesse sentido, uma candidatura de Renan Filho ao Senado Federal abre espaço para que Marcelo Victor seja o “governador tampão” de Alagoas, eleito indiretamente pela Assembleia Legislativa. Isso – em tese – lhe garantiria a projeção para disputar o Executivo.

Caso Renan Filho seja mesmo candidato ao Senado Federal e o presidente da Assembleia Legislativa chegue ao posto como aliado de Arthur Lira, o emedebista perde o apoio da máquina pública.

Todavia, em uma possível aliança entre Marcelo Victor e Renan Filho, o primeiro pode assumir o cargo como tampão, se candidatar ao governo estadual e abrir espaço em uma chapa para que o atual chefe do Executivo estadual seja candidato ao Senado com o apoio palaciano.

É difícil de acontecer a segunda possibilidade? Não! Afinal, Marcelo Victor só tem um lado político: o dele mesmo.

Como presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Victor soube construir e manter acordos, o que lhe garantiu credibilidade com a maioria dos pares. Nesse sentido, pode ele ser o condutor de um grupo para dentro da “chapa” que acredite que vá vencer. Portanto, a aliança de Marcelo Victor com Arthur Lira não são favas contadas.

Já Renan Filho lucra com uma aliança nesse sentido, pois pode ser candidato de forma mais confortável, independente de Marcelo Victor ser eleito ou não. É que Renan Filho tem capilaridade – como mostram as recentes pesquisas eleitorais feitas – para pleitear a única cadeira em xeque no Senado Federal. Já o deputado estadual Marcelo Victor busca um voo para muito além da possibilidade do tamanho das asas que possui hoje, como mostram também as mesmas pesquisas.

Afinal, se a disputa pelo Senado Federal aponta – até aqui – para uma polarização entre Renan Filho e o senador Fernando Collor de Mello (PROS), a disputa pelo governo é uma avenida aberta com vários nomes postos: o deputado estadual Davi Davino (Progressista), a deputada estadual Jó Pereira (MDB), o senador Rodrigo Cunha (PSDB) e até mesmo o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o JHC (PSB) vem sendo citado.

Agora, dizem também os bastidores, que a “mosca azul” da possibilidade de assumir a cadeira de governador por via direta já “picou” Marcelo Victor. A questão central é combinar com os eleitores...

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cada Minuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados