Homem é preso acusado de matar candidato a vereador no interior de Alagoas

Redação*|
Polícia Civil de Alagoas - PC AL
Polícia Civil de Alagoas - PC AL / Foto: Márcio Ferreira

A Polícia Civil (PC) cumpriu, nesta terça-feira (15), o mandado de prisão preventiva do executor do homicídio de Genival Pedro da Silva Filho, conhecido como “Bilu”. O crime ocorreu em 29 de novembro de 2020, na cidade de Jequiá da Praia, no interior de Alagoas.

De acordo com as informações, o conduzido estava foragido desde a prática do crime e, atualmente, estava escondido no povoado de Cadoz, município de Coqueiro Seco, onde foi efetuada a prisão.

O crime

O delegado João Marcello, responsável pelo caso, disse ainda que o homicídio foi motivado por desavenças políticas durante a campanha das eleições municipais de 2020. "O mandante do crime, vereador reeleito, já havia sido preso, e o executor foi preso na data de ontem", frisou a autoridade policial.

Após a prisão e a confecção dos procedimentos cabíveis, o foragido será conduzido ao sistema prisional da Capital, onde ficará à disposição da Justiça.

*com Ascom PC

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados