Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Geraldo Sampaio- um grande democrata.

Marcelo Bastos |

A trajetória política de Geraldo Costa Sampaio iniciou-se em 1954, quando foi eleito deputado estadual pela UDN com 1.773 votos, ficando em 8° lugar dentre as trinta e cinco vagas em disputa.

 

Geraldo Sampaio, nas eleições de 1958 foi candidato a reeleição pela UDN obtendo 1.066 votos, porém, não logrou êxito naquele pleito. Em 1959, assumiu o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas de Alagoas, aí permanecendo até 1962, quando se licenciou.

Nas eleições de 1962, Geraldo Sampaio foi candidato a deputado federal pela UDN obtendo 5.351 votos e ficando com a primeira suplência. Nessa legislatura assumiu o mandato de abril a novembro de 1963.

Geraldo Sampaio, nas eleições de 1965 foi candidato ao Governo de Alagoas pela legenda do Movimento Trabalhista Renovador (MTR). Cinco candidatos disputaram aquele pleito e Geraldo Sampaio foi o quarto colocado com 3.267 votos (2,42%). Em 1966, retornou ao Tribunal de Contas, do qual seria presidente entre 1989 e 1991 e pelo qual se aposentaria em 1994.

"Empresário do setor de comunicações e opositor do regime militar instaurado no país em abril de 1964, colocou a sua emissora de televisão, a TV Alagoas, ao lado do movimento pela anistia, aprovada pelo Congresso Nacional em 22 de agosto de 1979, que permitiu o retorno dos exilados, a liberação de grande parte dos presos políticos ainda detidos e a livre circulação daqueles que se mantinham na clandestinidade e do movimento das diretas, que nos primeiros meses de 1984 mobilizou milhares de pessoas em todo o país em favor da emenda Dante de Oliveira, que, apresentada na Câmara dos Deputados, propunha o restabelecimento das eleições diretas para presidente da República em novembro daquele ano. Apesar da pressão popular, a emenda não obteve o número de votos indispensáveis à sua aprovação e faltaram 22 votos para que o projeto pudesse ser encaminhado à apreciação pelo Senado Federal."(extraído do site www.fgv.com).

Geraldo Sampaio, durante muitos anos foi presidente estadual do PDT, partido cujo fundador foi Leonel de Moura Brizola.

Nas eleições de 1998, Geraldo Sampaio foi candidato a vice-governador na chapa de Ronaldo Lessa. A chapa Ronaldo/Geraldo foi vitoriosa no primeiro turno com 387.021 votos (58,09%).

Geraldo Sampaio, nas eleições de 2002 foi candidato ao Governo do Estado pelo PDT. Seis candidatos disputaram aquele pleito e Geraldo foi o quarto colocado com 17.333 votos (1,65%).

Após a eleição de 2002, Geraldo Sampaio não voltou a concorrer a cargos eletivos, o que significou a sua aposentadoria da vida pública. Faleceu em 11 abril de 2010.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados