Erling Haaland segue batendo recordes extraordinários

Esporte|
Fonte: Twitter @ErlingHaaland

Prodígio é uma palavra que define bem o jovem atacante Erling Haaland. O jogador norueguês, de apenas 20 anos, segue quebrando recordes extraordinários em seu começo de carreira. Chegou a marca de 100 gols como profissional em apenas 146 jogos, mais rápido do que Neymar, Mbappé, Messi, Cristiano Ronaldo e Lewandowski e também se tornou o mais jovem jogador a marcar 20 gols na Liga dos Campeões. 

 

São recordes extremamente expressivos, que chamam a atenção do mundo. Julen Lopeteg, técnico do Sevilla, logo após a derrota para o Borussia Dortmund, time de Haaland, declarou que o jogador norueguês “vai definir uma nova era no futebol”. E os números e feitos do atacante mostram cada vez mais que isso é possível. 

 

100 gols em 146 jogos 

 

Erling Haaland fez história no dia 7 de março, ao marcar 2 gols contra o Bayern de Munique e atingir seus 100 gols na carreira com apenas 146 partidas disputadas. Com isso ele se tornou o jogador que chegou a marca centenária com a menor quantidade de jogos, superando grandes nomes do futebol atual, como Messi, Cristiano Ronaldo, Lewandowski, Neymar e Mbappé, que jogaram muito mais partidas antes de balançar as redes 100 vezes. 

 

Haaland quase se tornou o jogador mais jovem a atingir a marca, mas o recorde ainda pertence ao Neymar, que chegou aos 100 gols com 20 anos e um mês, quando ainda jogava no Santos. O atacante do Borussia Dortmund marcou seu centésimo gol com 20 anos e sete meses, mas com menos partidas que o jogador brasileiro (Haaland 146 jogos - Neymar 178 jogos). 


Recordes na Liga dos Campeões 

 

Na última rodada da Liga dos Campeões, após marcar dois gols contra o Sevilla, o atacante do Borussia Dortmund atingiu outra meta impressionante. Se tornou o mais jovem jogador a chegar aos 20 gols na competição continental, superando Mbappé, que era o antigo detentor do recorde. O francês tinha 21 anos e 355 dias quando chegou aos 20 gols na competição, e Haaland conseguiu o feito com 20 anos e 231 dias, uma diferença considerável. 

 

E os recordes incríveis não param por aí! O atacante é o primeiro jogador da história a marcar pelo menos 2 gols em 4 partidas consecutivas na Liga dos Campeões. Ele levou apenas 14 partidas para marcar os 20 gols no torneio e bateu o recorde anterior que era de Harry Kane, que levou 24 partidas para marcar 20 vezes. 

Na última temporada da Liga dos Campeões (2019-20), Haaland terminou a competição como vice-artilheiro com 10 gols, atrás apenas do atual melhor jogador do mundo, Robert Lewandowski, com 15 gols. Durante a temporada o atacante norueguês mudou de clube, por isso foram 8 gols pelo RB Salzburg e 2 pelo seu time atual, o Borussia Dortmund. 

 

Neste momento, o norueguês está bem na frente na artilharia do campeonato (2020-21), com 10 gols em apenas 6 jogos, 4 gols à frente de Neymar, Mbappé, Giroud, Morata e Rashford, que estão empatados em segundo lugar, com 6 gols cada. Com isso, Haaland atinge mais uma marca histórica: é o primeiro jogador a marcar pelo menos 10 gols em duas Liga dos Campeões consecutivas. 

E podem apostar que novos feitos estão se aproximando. Haaland pode se tornar em breve, o maior artilheiro da história do Borussia Dortmund na Liga dos Campeões. Com 12 gols em 8 jogos, ele agora está atrás apenas de Pierre-Emerick Aubameyang (15 gols) e dos artilheiros Marco Reus e Robert Lewandowski (17 gols cada).

O futuro do prodígio


É óbvio que com um desempenho tão espetacular, Haaland está chamando a atenção do mundo inteiro e é cobiçado por diversos clubes. A lista de interessados é extensa: Manchester United, Manchester City, Chelsea, Real Madrid, PSG, Barcelona e até o rival Bayern de Munique, manifestaram interesse no jogador. 

 

Porém seu contrato com o Borussia Dortmund vai até junho de 2024 e a multa rescisória é de 75 milhões de euros (508 milhões de reais na atual cotação), só podendo ser ativada a partir de 2022. Os valores exorbitantes não param por aí. O jogador ainda, em uma possível contratação, exige para si 90 milhões de euros, cinco anos de contrato e um salário de 347 mil euros por semana. 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados