Marcelo Bastos
Marcelo Bastos

Abraão Moura - um político com ideias progressistas.

Marcelo Bastos |

A trajetória política de Abraão Fidélis de Moura iniciou-se em 1948, quando foi eleito vereador de Atalaia, sua cidade natal, pelo PSD.

Nas eleições de 1950, Abraão Moura foi eleito deputado estadual pelo PST com 1.134 votos, ficando em 21° lugar dentre as trinta e cinco vagas em disputa.

Abraão Moura, nas eleições de 1954 foi reeleito deputado estadual pelo PTB com 1.683 votos, ficando em 13° lugar dentre as trinta e cinco vagas em disputa. Nessa legislatura foi um dos principais defensores do governador Muniz Falcão contra seu impeachment. A Assembleia Legislativa aprovou o impeachment, contudo, o STF considerou-o ilegal, sendo Muniz, depois anistiado do processo de impedimento por uma comissão de deputados e desembargadores.

Nas eleições de 1958, Abraão Moura alçoou voos mais altos e com o apoio do governador Muniz Falcão, foi eleito pelo PSP a deputado federal com 11.782 votos, sendo o mais votado daquele pleito. Durante sua campanha defendeu o movimento do petróleo é nosso, a reforma agrária, uma reforma social que protegesse os trabalhadores, entre outros temas.

Abraão Moura (PSP), nas eleições de 1960 foi candidato ao Governo do Estado com uma votação de 37.213 votos (32,34%), derrotado por Luiz Cavalcante(UDN), que obteve 38.915 votos (33,81%) em uma das eleições mais acirradas em Alagoas.

Nas eleições de 1962, Abraão Moura foi reeleito deputado federal pela coligação(PSP/PTB) com 15.653 votos, sendo de novo o mais votado naquela eleição. Durante aquela legislatura defendeu o direito de voto aos analfabetos, a favor da instituição da cédula única em todos os pleitos, além de medidas que eliminassem a influência do poder econômico nas eleições. No setor das relações internacionais, defendeu o reatamento das relações diplomáticas do Brasil com a URSS e o apoio do governo brasileiro ao regime cubano de Fidel Castro.

Abraão Moura, após o golpe militar de 1964, que depôs João Goulart e com a extinção dos partidos políticos pelo ato institucional n° 2, e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se ao MDB. Abraão teve seu mandato de deputado federal cassado e seus direitos políticos suspensos por dez anos. Diante desse fato, não pode concorrer ao pleito de 1966, saindo da vida pública e passou a se dedicar à agropecuária.

Abraão Moura faleceu em Maceió no dia 11 de julho 1993.

 

SOBRE O AUTOR

Marcelo Bastos é professor, escritor e um grande especialista em eleições no Estado de Alagoas. Em 2017 o analista político Marcelo Bastos publicou seu primeiro livro sobre eleições em Alagoas com o título “Eleições em Alagoas 1978 a 2016”. Nas eleições para Vereador de 2012, no município de Maceió, acertou 100% das suas previsões. Nas eleições de 2014, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou os 9 deputados federais eleitos e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Nas eleições para Vereador de 2016, em Maceió, das 21 vagas existentes para a Câmara Municipal, acertou 19 dos vereadores eleitos. Nas eleições de 2018, Marcelo Bastos, para deputado Estadual e Federal, acertou 7 dos deputados federais eleitos das 9 vagas existentes e das 27 vagas para Assembleia Legislativa, acertou 25 dos Deputados Estaduais eleitos. Todas essas previsões foram publicadas em alguns portais e jornais da nossa capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados