Foto: Tasso Ramon/Ascom Pilar
Prefeito Renato Filho

 O município de Pilar foi primeiro em Alagoas a anunciar a pretensão de compra da vacina contra a Covid-19 e formalizar um plano de imunização da população. Em entrevista ao CadaMinuto, o prefeito do município, Renato Filho, afirmou que a proposta enviada ao Instituto Butantan foi para garantir a imunização das pessoas o quanto mais rápido. 

Segundo o prefeito, essa questão da politização entorno da vacina acaba prejudicando a população, que vem sofrendo há meses com essa doença. Confira a entrevista: 

Por qual motivo o senhor tomou a iniciativa de garantir doses da vacina para cidade do Pilar?

A pandemia nos pegou de surpresa e acabou afetando a vida de todo mundo. A única saída era a vacina. As pessoas querem voltar a viver normalmente, querem trabalhar, viajar, sair. E eu sempre trabalhei pensando no povo, no bem das pessoas. A saúde sempre foi minha prioridade. Então por isso que decidi, em outubro, enviar um ofício para o Butantan demonstrando o interesse na compra da vacina.

 Como avalia o comportamento do presidente do Brasil e do ministro da saúde a respeito da vacinação no país?

Acredito quanto o presidente tem que de despolitizar essa questão. As pessoas não aguentam mais e existe uma ansiedade muito grande. Muitos países já começaram e devemos tirar como exemplo os países de primeiro mundo. Independente da vacina e de onde seja, que ela seja aprovada pela Anvisa e o Brasil possa fazer a vacinação em massa como tem que ser feito. 

A cidade do Pilar já possui um plano de ação para a aplicação desta vacina?

Sim. Nós vamos seguir o plano municipal de vacinação. No documento que enviei ao Butantan fica acordado avaliar a oportunidade e conveniência de fornecer 30 mil doses do produto acabado da vacina Covid-19 em frascos multidoses (10 doses por frasco) pelo Butantan ao Município de Pilar/Alagoas com vistas à sua distribuição no espaço geográfico do referido Município, em atenção à população local. Vamos organizar de acordo com nosso plano de vacinação que funciona de maneira correta e eficaz.

 Como o senhor avalia a ida do Governo de Alagoas para o Instituto?

Vejo que foi uma atitude importante! É preciso acabar com essa politização com relação à vacina. Já tivemos gente demais que foi prejudicada, que perdeu alguém, que passou algum problema esse ano. É hora de agir e de salvar mais vidas. Achei louvável a atitude do Governo porque garante prioridade na compra das vacinas.