Trabalho do Carvalho
Trabalho do Carvalho

“O Natal dá COVID-19 em Maceió.” Locais e turistas se esforçam para visitar o Menino Jesus no reino dos céus.

Trabalho do Carvalho|

Falta apenas uma semana para a noite de Natal e a Pajuçara já está em polvorosa.

No dia em que voltamos a superar a marca trágica de mais de mil vidas ceifadas pela COVID-19, praticamente todos os quiosques e restaurantes da orla são disputados por clientes que já se aglomeram nas filas em suas portas. 

Também hoje acontece um simpático “Natal dos Folguedos” na praça multieventos, reunindo bumba meu boi, ciranda, feira gastronômica e outras atrações. Alguns passos dali, nas quadras da praia, ocorre um campeonato de futebol amador com direito a troféu e medalha. 

E claro que tudo isso ainda concorre com aquela “MPBzinha”, voz e violão, ou aquela roda de samba acontecendo nos bares.

É lindo ver como as festas de fim de ano fazem o clima mudar, não é mesmo?

Acho que estamos numa espiral contagiante desde as eleições municipais. Os candidatos disputavam, no corpo a corpo, aquele contato mais próximo com o eleitor. Aquele abraço mais apertado, aquele beijo na testa da criança... Afinal de contas é preciso muita saliva para conquistar simpatizantes.

Quem achava que todo o Natal era sempre a mesma coisa, surpreendeu-se.

Esse é bem especial. Afinal de contas, vamos levar todo esse clima, todos esses ares, toda essa energia para dentro de nossos lares, contagiando e contaminando aquela ceia que celebraremos juntos com toda a nossa família.

O problema são aqueles chatos que fazem questão de quebrar o clima e lembrar que o Natal é festa, claro, mas não é vazia. Não há espaço para egoísmo e descaso com a própria vida e, principalmente, com a vida alheia. O Natal é uma celebração do amor e do respeito ao próximo. É a celebração do nascimento do único homem que superou a morte e ressuscitou. Isso para quem acredita. E acredite: se você morrer de COVID, você não vai ressuscitar!

Ahhhhhh... Papai Noel mandou dizer que não vai trazer vacina para muita gente. É que ainda não inventaram vacina para estupidez.

SOBRE O AUTOR

Leandro Carvalho, Auditor Fiscal do Trabalho, pós gradraduado em auditoria, formação em Direito Laboral e Economia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados