Após mais uma reunião com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o senador Rodrigo Cunha recebeu o compromisso do pagamento de pelo menos 9 creches que estavam sem recursos em 6 municípios alagoanos: Campestre, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Traipu, Marechal Deodoro e Chã Preta.  

Parte dos recursos já começou a ser liberado nesta sexta-feira (23) e o restante deve ser efetivado nos próximos dias.  

“O pagamento está garantido e deve ser feito em no máximo duas semanas”, informou o presidente do FNDE, Marcelo Ponte.  

Desde o início do mandato Rodrigo vem batalhando pela conclusão das obras de creches. São mais de 4 mil obras inacabadas em todo o Brasil e 93 em Alagoas. O déficit de vagas na primeira infância é um problema que afeta o desenvolvimento das crianças e impede principalmente as mães de baixa renda de conseguirem um emprego.

Estudo divulgado recentemente pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal aponta que mais de 5 milhões de crianças de 0 a 3 anos estão excluídas das creches. Desse total, 23% são crianças de famílias pobres e 21% são filhos de mães que só não trabalham porque  não há vagas em creches.

Além do repasse às obras que estão em dia com as medições, o presidente do FNDE também se comprometeu em enviar a Alagoas uma equipe para vistoriar in loco as obras que ainda precisam de apoio técnico para estarem aptas a receber novos repasses do governo federal. Segundo Ponte, as visitas devem acontecer já na segunda quinzena de novembro.

“Entregar as creches paralisadas à população de Alagoas é uma prioridade absoluta do nosso mandato. Essa garantia que tivemos do presidente do FNDE é uma excelente notícia para o nosso estado”, afirmou Rodrigo.

Em pouco mais de um ano de trabalho, Rodrigo já conseguiu com que duas creches fossem inauguradas em Chã Preta e Craíbas.