Foto: assessoria

Além de saneadas, aproximadamente 30 ruas do bairro devem ser drenadas e pavimentadas

As obras de infraestrutura nos bairros da região do Litoral Norte da capital avançaram, nesta sexta-feira (23), com a implantação da rede coletora de esgoto, em Ipioca. Ao todo, cerca de 30 ruas do bairro devem ser saneadas, drenadas e pavimentadas, o que beneficiará a atividade turística e a população local.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), em Ipioca, os serviços de esgotamento sanitário começaram em Sauaçuhy e seguem agora ao longo da Rua Cinegrafista Cícero Pires Gomes. O esgoto coletado na região terá como destino a estação de tratamento que será construída no bairro Pescaria.

O prefeito Rui Palmeira acompanhou as escavações para implantação de saneamento na comunidade. “Ipioca tem um dos trechos mais lindos do nosso litoral. Infelizmente, essa área era desprovida de infraestrutura, mas estamos aqui chegando com o Nova Maceió. É mais uma localidade da região norte que recebe obras de esgotamento sanitário”, destacou o prefeito.                                               

De acordo com o gestor, atualmente, além de Ipioca, também já é possível notar as obras de infraestrutura em vias que margeiam a Praia da Sereia, em Riacho Doce, bem como nos conjuntos Elias Bonfim e Gurguri, em Guaxuma.

Ao final, o resultado no Litoral Norte será de mais de 21 mil metros de saneamento, aproximadamente 2.500 metros de drenagem e cerca de 102 mil metros quadrados de pavimentação. Os serviços são financiados pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no Brasil. Somente na Região Norte serão investidos R$ 40 milhões.