Assessoria

A Fazenda Recanto, em Chã Preta, está pronta para receber a 19ª edição do Leilão Nelore Barros Coreia ,promovido pelos irmãos Celso, Aloísio e Ricardo Barros Correia. O evento, que acontece neste sábado, 24, será o primeiro em formato presencial após a pandemia. A seleção genética IBC, que vem sendo aprimorada há 41 anos, vai apresentar touros, novilhas PO, vacas paridas e novilhas cara limpa.

 Tradicional ponto de encontro do Nelore brasileiro, o Leilão IBC promete o auge  da genética selecionada pela  família Barros Correia. "Essa é um dos melhores grupos nos quais formamos, o melhor da nossa genética Aniamai  altamente melhoradores, com índices de produção super positivos e dentro das caracaterísticas desejáveis da raça. Musculatura muito forte, convexa, que evidencia o revestimento de gordura subcutânea, o que já transmite muita qualidade”, explicou Celso Barros Correia 

 O remate se coloca à disposição do mercado para atender diferentes  categorias da pecuária de corte, ofertando  animais diferenciados e oriundos de acasalamentos dirigidos.  "Pordutos com todas as certificações de programa de melhroamento genético, além de uma genética moderna e eficiente. As mercadorias atenderão de pronto a criadores de vacada comercial, selecionadores de gado de elite e as novilhas para a criação PO", descreveu Celso.  O remate ainda terá produtos especiais para coleta de sêmen em centrais e lotes de novilhas cara limpar que vão atender o rebanho de corte. 

 Nesta edição, o Leilão vai manter  o frete gratuito e pagamento em até 30 parcelas, com desconto para quitação à vista. A expectativa é que os Irmãos Barros Correia recebam no Recinto de Leilões Coronel Othon Odilon criadores dos estados de Sergipe, Bahia e Rio Grande do Norte. O remate deve superar o faturamento de R$ 2 milhões.