O que você faria para comemorar seu aniversário? A resposta parece óbvia, quando se pensa em fazer uma grande festa, ou apenas reunir alguns familiares e amigos. No entanto, devido à pandemia do novo corona vírus, até eventos assim raramente têm acontecido, até porque não são recomendados, mesmo que sejam seguidos todos os protocolo sanitários.

Mas voltando a pergunta inicial, enquanto para muitos celebrar o aniversário tem que ter bolo e velinhas, este ano o empreendedor social Tiago Silva, conhecido como Mochileiro pela Educação decidiu fazer diferente.

Para marcar os 32 anos de vida, ele vai realizar mais um desafio solidário. Pretende caminhar de Maceió até o município da Barra de Santo Antônio, no litoral Norte do estado, no próximo sábado  (26), com o intuito de chamar a atenção da sociedade para a importância da doação de sangue.

"A ideia surgiu devido ao baixíssimo número de bolsas no hemocentro de Alagoas - Hemoal.

O baixo números de doadores tem até mesmo cancelado cirurgias eletivas, e isso é muito sério. Esse será meu presente de aniversário. Que cada um possa se dirigir ao Hemocentro mais próximo de sua casa e fazer sua doação. Espero que muitos possam doar.  Eu estarei fazendo a minha parte caminhando para que a gente ajude a reverter o quadro sério dos hemocentros", convidou Tiago Silva.

A propósito este já é o terceiro desafio solidário realizado pelo Mochileiro somente este ano. Ele já caminhou de Maceió a Arapiraca e de Palmeira dos Índios a Junqueiro, em ambas as situações objetivo era arrecadar cestas básicas para famílias carentes afetadas pela pandemia. Além disso, quando percorreu o trecho entre Palmeira e Junqueiro também chamou a atenção para a depressão e o combate ao suicídio.