Foto: Cortesia
População se revoltou com o crime de estupro

Um crime bárbaro de estupro chocou e revoltou a população da cidade de Maravilha, em Alagoas, na manhã desta quinta-feira (06). Segundo informações de um oficial do 7º Batalhão que não quis se identificar, uma menina de seis anos foi encontrada morta dentro de uma casa com sinais de estupro. O corpo da criança estaria dentro de um saco de lixo no telhado da casa do suspeito.

Por causa do crime, a população quis invadir a residência do acusado que, segundo informações apuradas pelo Cada Minuto, estava no local. Em um vídeo, os populares aparecem jogando pedras na casa. 

Informações do site Alagoas na Net contam que um dos policiais relatou ter recebido a informação de familiares do desaparecimento da menina, e que havia a suspeita de onde ela estaria.

“Ao chegar no local, cercamos a casa e falamos com o proprietário. Ele negou o crime, mas após buscas achamos o corpo da menina dentro de um saco de lixo, no telhado da residência. O volume foi percebido por um dos agentes que viu sangue na embalagem”, relatou o militar.

A polícia estava no local do crime e prendeu o homem em flagrante.

*Estagiário sob a supervisão